Estudo, trabalho e renda: O que mudou com a pandemia?

Enquetes mapeiam mudanças e desafios enfrentados por adolescentes e jovens.

Na metade do mês de junho, o Unicef e a Viração realizaram enquetes através do U-Report sob o objetivo de mapear os desafios que estão sendo enfrentados e as mudanças que aconteceram nas vidas de adolescentes e jovens diante da pandemia quando os assuntos são estudo, trabalho e renda. 

Ao todo, 3.831 pessoas de todos os estados do país toparam responder – 64% das respostas vieram de meninas e 36% de meninos. As regiões mais ativas foram Ceará e Bahia, estados da região nordeste.

O questionário mapeou dados importantes para entender a atual realidade de adolescentes e jovens, como:

 

1) Em relação aos estudos

 

Entre quem está no ensino básico e superior:

64% está estudando em casa;

24% parou de estudar. Deste número, 5% afirmou que desistiu deste ano letivo.

 

Entre quem estudava por conta própria antes da quarentena:

55% parou de estudar. Deste número, 44% afirma que voltará quando as coisas melhorarem.

 

Entre quem não estudava:

24% voltou a estudar neste momento; 18% decidiu que voltará.

 

Em relação ao ENEM e outros vestibulares:

65% está achando mais difícil para se preparar;

– Entre as pessoas que desistiram de tentar neste ano, 87% não está conseguindo estudar, talvez não conseguirá pagar a taxa de inscrição e/ou perdeu o ânimo para tentar.

 

2) Em relação ao trabalho

40% ficou sem trabalho, mudou ou decidiu parar por conta da pandemia;

27% começou a trabalhar em casa;

44% teve o salário reduzido.

 

3) Em relação à renda

44% afirma que a renda de sua família diminuiu;

14% deixou de fazer alguma refeição porque faltou dinheiro;

24% chegou a um momento onde os alimentos em casa acabaram, mas não tinha grana pra comprar mais;

19% não recebe, mas está precisando de um programa de distribuição de alimentos.

 

Alguns desses resultados foram discutidos na Live “Juventude, trabalho e renda”, que ocorreu no dia 18 de junho e está gravada no canal do Youtube do Unicef Brasil. Você também pode conferir os dados completos nos seguintes links: Estudos, Trabalho e Grana.