Releases

Adolescentes e jovens comunicadores realizamento do encontro nacional em Brasília

De 7 a 9 de dezembro de 2011, em Brasília, cerca de 60 adolescentes e jovens de 22 Estados estarão reunidos no 3º Encontro Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores. Com idade entre 15 e 29 anos, eles representam organizações sociais que atuam na linha de frente da defesa dos direitos de crianças,adolescentes e jovens e pelo direito humano à comunicação no País.

Promovido pela ONG Viração Educomunicação em parceria com a Rede de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores, o evento conta com o apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), Fundação Friedrich Ebert, Centro de Competencia en Comunicación para America Latina, Pontão de Cultura Outras Palavras: Laboratório de Mídias Livres, Agência Jovem de Notícias, ProgramaGeração MudaMundo da Ashoka Empreendedores Sociais, Conselho Nacional de Juventude e Secretaria Nacional de Juventude.

A iniciativa traz como principal objetivo mobilizar, articular e fortalecer um movimento de adolescentes e jovens de todo o Brasil envolvidos com a temática da comunicação. Durante os três dias de reflexão e troca de experiências, os participantes vão debater o papel de adolescentes e jovens sobre o direito humano à comunicação, construir os caminhos e as agendas da Rede de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores e planejar a incidência política durante a 2ª Conferência Nacional de Juventude, que acontece de 9 a 12 de dezembro, também na capital federal.

Uma das grandes novidades desse encontro é a participação de adolescentes e jovens que atuam em outras redes, como a Rede pelo Direito ao Esporte Seguro, a Rede de Adolescentes Comunicadores do Semi-árido Mineiro, a Rede de Adolescentes Indígenas e a Rede da Juventude pelo Meio Ambiente.

A expectativa de Alex Pamplona, participante do evento é de “poder encontrar adolescentes e jovens de todo o País, que estão na mobilização e articulação de um mundo melhor, além de podermos construir estratégias de envolver outros adolescentes na construção de políticas públicas que possibilitem a democratização da comunicação em nosso País, por meio da rede de adolescentes e jovens comunicadoras e comunicadores”.

 O desejo da adolescente Adriélly Aparecida dos Santos, de 17 anos, da Rede de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores é “que a Rede se expanda e os participantes conheçam ainda mais o seu direito humano à comunicação”.


Cobertura Jovem

Parte dos participantes do 3º Encontro Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores farão a cobertura da 2ª Conferência Nacional da Juventude, que ocorre entre os dias 9 e 12 de dezembro, em Brasília (DF). Organizados por interesse em diversas mídias e linguagens, eles vão produzir notícias, entrevistas, fotografias, jornal mural, podcasts, vídeos e ilustrações. Tudo de forma colaborativa e em tempo real. Acompanhe a cobertura jovem da Conferência a partir do dia 9 pelo site: www.agenciajovem.org e redes sociais Twitter (@viracao) e Facebook (Viração Educomunicação).

O que: 3º Encontro Nacional de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores

Quando: 7 a 9 de dezembro

 de 2011

Onde: Brasília (DF)

Contatos:

Ionara Silva: ionara@viracao.org

Tel.: (61) 9815-2087     

Bruno Ferreira: bruno@viracao.org

Tel.: (11) 3237-4091/ 9946-6188


Sobre a Ong Viração Educomunicação

Criada em março de 2003, Viração Educomunicação éuma organização social não governamental e tem como missão fomentar e divulgar processos e práticas deeducomunicação e mobilização entre jovens,adolescentes e educadores para a efetivação do direito humano à comunicação e para a transformação socio-ambiental.

A Viração impactou na vida de mais de 3,5 milhões depessoas no Brasil, seja por meio de seu carro-chefe, a Revista Viração, e a Agência Jovem de Notícias ou por meio dos 31 projetos especiais desenvolvidos ao longo de quase 10 anos.


Sobre a Rede de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores

A Rede de Adolescentes e Jovens Comunicadoras e Comunicadores é uma articulação da juventude pelo Direito Humano à Comunicação no País criada em abril de 2008 e articulada pela Revista Viração durante a Cobertura Jovem da 1ª Conferência Nacional de Juventude, em Brasília. Desde então, entidades não governamentais, grupos juvenis e movimentos sociais integram a Rede que visa contribuir para criar espaços de diálogo e atuação em torno das políticas públicas de comunicação para adolescentes e jovens do Brasil.

Para os integrantes da Rede de Adolescentes e JovensComunicador@s, falar em direito à comunicação no Brasil, é, sem dúvida, falar em promover a democracia,o acesso aos meios de produção, às ferramentas de controle social, e garantir estímulo e fortalecimento do potencial criativo da população. A comunicação é um direito inalienável, pois se trata da expressão humana que muitas vezes é adormecida em decorrência dos processos de exclusão socioeconômica. Com esse pensamento, adolescentes, jovens e profissionais da comunicação deram inicio à Rede.